O meu contacto

A minha luta contra o cancro - Partilhar experiências
Sempre em contacto convosco através do e.mail - valdemar.contra.cancro@gmail.com

domingo, 9 de outubro de 2011

ONCOLOGIA E OS CORTES ORÇAMENTAIS....

_  Os cortes no financiamento dos hospitais não estão  a colocar em risco, para já, a qualidade do tratamento dos doentes oncológicos,, garantem os responsáveis dos institutos portugueses de oncologia (IPO) do Porto e de Coimbra, mas a Liga Portuguesa Contra o Cancro alerta paara o subfinanciamento do sector.
"A prestação de cuidados não foram afectados com os cortes ", sublinha Laranja Pontes, presidente do  IPO do Porto, acrescescentando que não se perspectiva uma quebra na qualidade assistencial em 2012. O que deverá acontecer é uma quebra nos reultados financeiros da instituição, que tem sido  sempre muito positivos,
Manuel António Silva, que preside ao IPO de Coimbra, não tem dúvidas de que 2012 vai ser  "um ano muito difícil", em que será necessário rentabilizar os recursos existentes, sem que seja necessário, porém, diminuir os cuidados prestados aos doentes.
Vitor Veloso, da Liga Portuguesa contra o Cancro, alerta que a oncologia é uma área crónicamente subfinanciada e para a necessidade de os cortes não colocarem em risco os programas de rastreio - que permitem poupar centenas de milhões de  euros ao detectar precocemente a doença - e a qualidade dos tratamentos.

1 comentário:

Fuzo Observador disse...

Todos sabemos que há desperdicio no Estado, e que este também se estende á área da Saúde, só esperamos todos é que os cortes não sejam cegos, e em especial nesta área, mas não estou muito confiante, parece que neste País,os Politicos fazem primeiro e pensam depois.
As tuas melhoras
Um abraço
Virgilio